Home / Blog / Como fazer abertura de empresa no Simples Nacional

Como fazer abertura de empresa no Simples Nacional

Quer abrir um negócio próprio? Veja como abrir empresa no Simples Nacional, empresa ME, a tabela do Simples nacional e sua taxas.

Abertura de empresa no Simples Nacional. Chegou a sua vez de ser patrão!

Sem tempo para ler? Que tal ouvir esse texto? Clique no play e ouça a matéria:


Cansado de trabalhar para os outros? Teve uma grande ideia inovadora e quer abrir seu próprio negócio?

Abrir uma empresa pode gerar grandes dúvidas no empreendedor. E isso é completamente normal.

Mas para sanar todas estas questões que podem aparecer, preparamos um material para você sobre a abertura de empresas por meio do Simples Nacional.

Então, não perca mais tempo! Neste posts você vai ver como abrir uma empresa no Simples Nacional além de outras informações importantes, como taxas de abertura e a tabela do Simples Nacional.

Veja também: Impostos pagos por MEs optantes pelo Simples Nacional

Como abrir empresa no Simples Nacional

Quando abrimos uma empresa, milhares de dúvidas aparecem. Afinal, a abertura de uma empresa costuma ser um sonho, mas, por outro lado, significa assumir obrigações que você nunca teve que ter.

É normal que você busque por essas informações a fim de manter a sua empresa regularizada. E para que você não tenha mais nenhuma dúvida sobre isso, nós fizemos um resumão com algumas das principais obrigações de um empreendedor e da sua empresa.

Veja, agora como fazer a abertura de empresa no Simples Nacional e outros pontos importantes que você precisa conhecer.

Este post pode interessar a você: Como obter o código do Simples Nacional

Você sabe o que é DAS?

DAS significa Documento de Arrecadação do Simples Nacional. Ele congrega em uma única folha todos os impostos referentes às obrigações fiscais de quem opta pelo Simples Nacional.

E é com esse documento que você fará o pagamento mensal.

Mas como calcular o valor da DAS?

Para isso, leve em conta que o Simples Nacional tem como principais regras o faturamento e o setor no qual a sua empresa atua.

Assim, os valores dos tributos são calculados através das alíquotas que esses parâmetros determinam.

Essas alíquotas são definidas na Tabela de Anexos do Simples Nacional. Ela é composta por 5 anexos que variam de acordo com a atividade da empresa:

  • Serviço
  • Comércio
  • Indústria

Por exemplo: Se a sua empresa atua no setor de serviços, provavelmente ela entra no ANEXO III da tabela do Simples. Com essa etapa definida, é hora de determinar qual será o faturamento da sua empresa pois este valor vai delimitar qual será a sua alíquota.

Supondo que a sua empresa fature entre R$ 60 mil e R$ 180 mil anualmente, a alíquota total será de 6%.

É importante ressaltar que para cada atividade existem códigos de serviço. Assim, dependendo do código de serviço, é possível que a alíquota seja diferente da alíquota estabelecida pelo anexo em questão.

Por exemplo exemplo: Uma atividade de ANEXO III pode ter um código de serviços que possui uma alíquota do ANEXO V.

Ainda com dúvidas? No blog do Qipu você consegue verificar a tabela de Anexos do Simples Nacional.

Quais são as taxas municipais?

Cada município possui determinados tipos de fiscalização. Mas no geral, diversas cidades possuem taxas de manutenção. Em São Paulo, por exemplo, existe uma taxa chamada TFE - Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos.

Para saber qual o valor da TFE que será cobrado, é necessário consultar o código da atividade prestada pela empresa na Ficha de Dados Cadastrais (FDC).

Com este código em mãos, é possível encontrar o código de TFE para descobrir qual será o valor cobrado.

Confira: Impostos pagos por EPPs optantes pelo Simples Nacional

O que é e como calcular o pró-labore

O pró-labore é uma remuneração retirada pelos sócios ou empreendedor. Seu valor deve ser definido pelos donos da empresa e ser informado para o serviço contábil, mas o mais comum é recolher o valor com base no salário mínimo vigente.

Muito diferente de um salário, o pró-labore não possui regras em relação a 13º salário ou férias remuneradas.

Em agosto de 2016, entrou em vigor uma lei federal que declara ser necessária a definição de um pró-labore para todos os sócios que exercem atividade em uma empresa, sendo isentos os sócios investidores.

A informação deve ser estabelecida, pois é importante que este “salário” não se confunda com a participação nos lucros, retirada pelo sócio.

É descontado do pró-labore um percentual a ser entregue como impostos e, caso o valor mensal a ser recebido pelo sócio não seja definido, o empreendedor pode ser punido.

Ou seja, a Receita Federal pode entender que toda a participação dos lucros recebida pelo sócio é pró-labore, descontando deste total o percentual de tributos.

Como abrir empresa no Simples Nacional passo a passo

Veja um resumo de tudo que você terá que fazer:

  • Reunir as principais informações
  • Escolher os CNAEs e atividades do seu negócio
  • Providenciar os registros e documentos
  • Levantar as taxas de abertura de empresa no Simples Nacional
  • Regularizar seu novo negócio
  • Protocolar os documentos na Junta Comercial
  • Criação do CNPJ
  • Definição da Senha Web e Inscrição Municipal
  • Solicitar aprovação do Simples Nacional

Nossa, parece complicado! Mas, para nós, do Qipu, tudo isso é muito fácil. E pode ser para você também, basta nos procurar que te ajudamos em tudo isso: Quero Abrir Empresa

Faça como mais de 400.000 empreendedores e organize suas finanças ao usar nosso sistema de contabilidade online e deixar as tarefas chatas e burocráticas com a gente!

Tem muitas dúvidas sobre contabilidade? Então, baixe nosso e-book gratuito: Dicionário de Contabilidade

Equipe Qipu

Aug/4/2017

Abertura de empresa , Capital social , DAS , EI , EIRELI , EPP , LTDA , ME , MEI , Simples Nacional , Abertura de empresa , Simples Nacional , Prestador de Serviço , Empresário Individual

Compartilhe

Facebook Twitter Linkedin Google+

Não deixe de ler também

BAIXE GRÁTIS O APLICATIVO | Ou acesse a versão web